sábado, 8 de agosto de 2015

Resenha - Os Garotos Corvos - Maggie Stiefvater


Eu não esperava gostar de Os Garotos Corvos, especialmente depois de ler os primeiros capítulos. Mas como uma boa dorameira (fanática por novelas asiática - Coreanas), continuei com a leitura e consegui me prender aos poucos a história a partir do terceiro capítulo. 

O personagem principal é uma menina chamada Blue, que foi criada por uma família de bruxas ou melhor dizer "Adivinhas",  e que tem que viver com o conhecimento de que, se ela já beija seu verdadeiro amor, ele vai morrer. Ela é apenas uma outra menina, mas também Super Especial, tem um senso de moda um pouco excêntrico, e seu estilo acaba conquistando os garotos. Basicamente, Stiefvater pegou todos os clichés dos YA sobrenatural que podia pensar e colocou todos em um liquidificador para criar seu protagonista.

Título: Os Garotos Corvos
Título Original : The Raven Boys
Autor : Maggie Stiefvater
Editora: Verus
Classificação : 

O centro da história está no título: Os Garotos Corvo. Eles são um grupo de amigos com personalidades distintas e Stiefvater revela magistralmente seus isso mostrando um pouco seus passados, lentamente, retirarando as camadas, uma por uma e nos dando apenas uma olhadinha em alguns momentos. Eu encontrei-me intrigada por este pequeno grupo de desajustados e mais interessada com cada revelar. Por que Adam precisa tão desesperadamente do desejo? O que Ronan está escondendo? Qual é o negócio com Noel? Sua dinâmica de grupo, para mim, é o mistério mais fascinante no livro. Esses meninos, orbitando em torno do sol Gansey e puxados para sua busca obsessiva, são claramente o que Stiefvater está mais interessada em nos fazer levantar essa questão.

Você quase poderia dizer que Blue é uma substituta para o leitor; principalmente quando ela começa a conhecer os rapazes, assim como nós. Mas apesar da história começar a ser narrada do seu ponto de vista, o livro não é contada exclusivamente a partir de sua perspectiva; a narração desloca por vários pontos de vista, deixando Gansey e Adam falar também. Nós não precisamos dela para apresentá-los, eles podem fazer isso eles mesmos (e fazem). A única vez que eu encontrei Blue interessante foi quando ela confrontou Gansey sobre seu privilégio e condescendência, mas todo o relacionamento de Adam com Gansey gira em torno destas questões - mais uma vez, a contribuição de Blue para a história poderia facilmente ser deixada de fora. Ela distrai do que eu acho que o foco deste livro deveria ser.

Meus Personagens - Os Garotos Corvos

Blue - Gansen - Adam - Ronan - Noel

De fato fui atrás para saber se existe mesmo as "Linhas Leys" envolta da terra e a forma de como elas podem também reger o sobrenatural. O livro acabou prendendo não pelo romance "déjà vu" que senti de outros livros, mas pela personalidade sombria que envolveu os garotos. A maravilhosa atmosfera da luta entre a vontade de Adam de se tornar independência. O desejo de Gansey pelo desconhecido. O real motivo de Motossera "O Corvo" de Ronan existir. E a solução para o probleminha de Noel. Isso sim fez com que eu me apegasse a continuação do próximo livro. 

Dito isto, eu realmente gostei das voltas e reviravoltas da trama e de sua escuridão. Certamente Stiefvalter conseguiu colocar a isca muito bem. 

0 comentários:

Vamos comentar...

Regras Básicas

- Não ofender e nem falar palavrões;
- Sem links com conteúdo de baixo calão ou pornográfico;
- Comente algo significativo a respeito da Resenha e por último faça a divulgação de seu blog colocando o link dele.
- Não é necessário pedir que eu retribua a visita ao seu blog, eu já faço isso automaticamente com quem comenta e tem blog.

PS: Aceito críticas e sugestões, porém envie para o email sonhosliterarios@hotmail.com

BOM COMENTÁRIO!!!

Postagens Populares - SL