quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Resenha - Ladrão de Almas - Alma Katsu


Acho que vou ser controversa pela primeira vez na minha vida a respeito da leitura de um livro. Nunca gostei tanto e ao mesmo tempo nunca desejei tanto esquecer a estória de um livro. Essa é a experiência que te espera em Ladrão de Almas.

Este romance é uma história sobre as escolhas que fazemos e como eles podem resultar em conseqüências que não estamos dispostos a imaginar na época e de ser incapaz de corrigir mais tarde. É uma história sobre o amor cego e egoísta, sobre como se tornar um escravo de seus desejos, sobre a maldade que existe no coração do homem e da solidão que pode nos levar a fazer coisas terríveis. É uma história sobre a fraqueza humana e indulgência, sobre como permissividade e indiferença pode se tornar crueldade. É uma história a respeito de que nada é tão simples como parece, e de como nós nunca podemos mudar as pessoas para o que desejamos que ela seja – e ao tentar fazer isso, só iremos conseguir levar ao desastre e desgosto.



Título Original: The Taker
Autor: Alma Katsu
Editora: Novo Conceito
Páginas: 432

Decidi não fazer uma resenha para que eu não arruíne a experiência da leitura. O livro vai e volta no tempo, entre o presente e o século 19. Não é um romance, mas um romance de ficção "convencional" com elementos da metafísica e romance gótico.

Ladrões de Alma gira em torno de uma jovem nascida no início de 1800. Lanore cresceu em uma pequena cidade no deserto de Maine e em uma idade jovem se apaixonou pelo menino de ouro da cidade, Jonathan. Eles iniciam uma grande amizade, mas com o passar dos anos o amor de Lanny cresce cada dia mais. Ter que assistir Jonathan pular de uma mulher para outra e nunca vir atrás dela é devastador. Ela anseia possuir Jonathan e ter o seu amor e devoção. Este desejo obsessivo leva a uma série de eventos que afetam a vida muito além de sua própria.

Reação. O que dizer sobre esta história? É devastadora, estressante, misteriosa e sombriamente sensual, é uma leitura sedutora, mas também muito pesada. Eu tive que digeri-lá aos poucos e fiquei muitas vezes sufocada pela dor e o amor. Não é um livro para sentir-se bem: trata-se de obsessão, estupro, violência, assassinato, temas tabus, sexo e muito ... muito sexo. Não é erótica, mas tem conotações eróticas escuras do começo ao fim.


Todos os seus personagens são destrutivos, torcidos, infelizes e depravados. Eu tenho que admitir que eu não gosto de só um único personagem. Este é um romance que explora tantos aspectos feios da humanidade e do comportamento humano que eu não poderia deixar de ficar fascinada. Um personagem me chamou mais a atenção e fiquei fascinada. Ele é interessante em tudo e também o mais maligno. Adair é repulsivo e incompreensível, por vezes, ele é também perversamente atraente, como assistir a uma casa em chamas: é difícil deixar de ver o terror e a perda que está se desenrolando diante de você, mas também é impossível desviar o olhar, linda como ela está em sua absoluta destruição que deixa para trás apenas o vazio e devastação. E isso me encanto hipnoticamente nele.




Meus Personagens do Livro Ladrão de Almas







A principal crítica que tenho, é que a história toda gira em torno e é impulsionado por essa paixão de Lanore (supostamente) profunda e obsessiva que ela sente por Jonathan. É o ponto crucial de todo o romance e senti falta de autenticidade, e parte da certeza tinha a ver com o fato de que eu achei Jonathan um personagem fraco e sem objetivo e, portanto, não me conformei com o fato de somente a beleza afrodítica dele ser a razão suficiente dessa obsessão secular. 

Ladrão de Almas é o primeiro livro de uma trilogia que virá em breve. Posso dá os parabéns a editora Novo Conceito pela belíssima capa com textura emborrachada e letras em alto relevo prateadas. A bela fotografia da capa é hipnotizante, e isso sem contar a beleza desses olhos. Infelizmente o título não ficou muito legal para o português, já que ele nada tem a vê com a história completa do livro.

Chegamos ao fim agora, e provavelmente você está confuso (assim como eu): se eu gostei do livro ou não? Tudo que eu escrevi acima faz parecer torturante e emocionalmente desgastante, que em muitos aspectos foi. No entanto, este livro também foi convincente: como foi com a casa em chamas, que você sabe que deve olhar para longe, mas não pode parar de assistir com fascinação doente.

Alma Katsu é sem dúvida uma escritora talentosa. Em Ladrão de Almas, ela criou um mundo sombrio e gótico, com personagens muito, muito falhos e repelentes entre eles, mas somos seduzidos a assistir-los a destruir-se. Katsu tem uma maravilhosa capacidade de criar um tom abrangente e avassalador na atmosfera de sua escrita. Ela faz isso de uma maneira que tudo se arraste para cima de você, para que você sem saber lentamente se envolva, e depois de um tempo você percebe o que está acontecendo, e daí já é tarde demais.


Se recomendo a leitura? Claro, é uma maravilhosa experiência viver esse amor destrutivo, mas também profundamente doloroso.

Espero que tenham gostado.... bjokas a todos e até a próxima!


18 comentários:

  1. Gostei das escolhas dos personagens.
    Estou com muita vontade de ler o livro, e quem sabe ele não vira filme ou até mesmo uma série.
    Bjos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou lendo . É muito boa leitura.

      Excluir
  2. Fiquei confuso com a resenha '-' rsrs
    Só no final que entendi que você gostou do livro.
    Mas vou ler sim ele, já que dizem que ele é bem envolvente.
    Me tira uma dúvida, Roberta: tem sexo homossexual nele? Me disseram que sim.
    beijos
    http://descobrindolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, até eu to confusa até agora rsrsrsrs....e respondendo a pergunta...o livro tem várias passagens eróticas... mas as relações homossexual são em sua maioria apenas mencionadas e não detalhadas!

      Espero que goste do livro! bjokas

      Excluir
  3. UAU. Quantas emoções para um livro, não?
    Parece que o livro fala só sobre as crueldades da humanidade.
    Como você falou que é um livro pesado, eu não vou ler. Fico meio depressiva depois de ler livros assim. Mas, gostei bastante da resenha!
    Pareceu que você não soube seus sentimentos pelo livro, mas ao mesmo tempo soube de todos eles. :S Confuso, eu sei rsrs
    Mas, enfim.. parabéns!

    Bjs :*

    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só Deus sabe os sentimentos que esse livro trás... e te conhecendo acho q vc n vai gostar muito dele não !!! rsrsrs

      bjokas

      Excluir
  4. Olá, Roberta!
    Parabéns pela resenha!
    Agora tenho certeza de que tenho que ler este livro ;)) Mesmo que haja uma bela confusão ainda na minha mente. Tenho que concordar contigo, a capa deste livro é linda, quero ver as próximas.

    Beijos :*
    Natalia.
    Ell ~ http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, bom dia ^^
    Essa capa é muito linda *-* Me encantei por ela assim que a vi. A história parece ser muito boa; vai pra lista de futuras leituras ^^'
    Amei sua resenha, me deu super vontade de ler o livro :D
    Beijinhos
    Ps.: Te indiquei a um meme, depois vê lá (http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/2012/11/meme-2-laco-de-incentivo-leitura.html)
    Isabelle - Attraverso le Pagine

    ResponderExcluir
  6. Em primeiro lugar, parabéns pela resenha, foi sincera, profunda, sem rodeios e o melhor de tudo é que você conseguiu ser imparcial do começo ao fim. Mas a história do livro é pesada demais, acho que também desejaria esquecer depois de ler.

    ResponderExcluir
  7. Oi Roberta, gostei da sua sinceridade. Quero ler esse livro, mas neste momento, ele não seria um boa escolha. Tem um meme para você no meu blog, espero que goste.
    Beijos.

    http://olhareseleituras.blogspot.com.br/2012/11/5-livros-que-eu-leria-antes-do-fim-do.html

    ResponderExcluir
  8. Nossa que post maravilhoso, você falou de uma forma muito clara sobre o livro, adorei sua escrita!!! Eu imaginava outra coisa deste livro, mas enfim, ainda estou desejando muito fazer esta leitura. Acho muito interessante livros escritos com esse diferencial no tempo, quando ao mesmo tempo que estamos lendo o passado começamos a ler o presente. Acho legal, adorei todos os livros que li contendo esse tipo de vai e vem ao passado.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Fiquei com ainda mais vontade de ler e tirar minhas próprias conclusões. Gostei bastante da sua resenha. Beijos!

    http://livrosobaluzdalua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Complicado tirar uma conclusão precisa desse livro então, ein? Agora fiquei intrigada para saber o que vou sentir com ele.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  11. Oi, oi!
    Perfeita a resenha!
    "Adair é repulsivo e incompreensível, por vezes, ele é também perversamente atraente, como assistir a uma casa em chamas: é difícil deixar de ver o terror e a perda que está se desenrolando diante de você, mas também é impossível desviar o olhar, linda como ela está em sua absoluta destruição que deixa para trás apenas o vazio e devastação."
    PRECISO DESSE LIVRO.
    Ponto.

    ResponderExcluir
  12. Acredita que não li esse livro ainda?A nc me enviou esse livro,mas tenho tantos outros pra ler que esse ficou la embaixo da minha série de livros kkkkkk
    Adorei sua resenha e claro a escolha de personagens.Você foi digna!Parabéns...
    Beijokas...
    http://fomesedeevontadedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ola, eu já li este livro e amei.. a cada pouco vc vai descobrindo a verdadeira historia e isso te prende... o problema é que to loca pra ler o proximo, alguém sabe se já tem? ou onde posso conseguir?
    bjos Andressa

    ResponderExcluir
  14. OmG li a amei muiito o livro mais como assim o titulo não tem nada a ver com o texto ?
    o Adair no caso não seria o tal ?
    Amei muito ..!

    ResponderExcluir
  15. Li o livro, e confesso que: do começo ao fim eu disse que livro ruuiim. Mas, quando acabei o livro e passou uns 2,3 dias senti tanta falta dele que já o li 3 vezes.E bem, hoje o considero um livro ruim,por ser grande e viciante , mas um livro bom por simplesmente ser bom. Sem explicação viu.

    ResponderExcluir

Regras Básicas

- Não ofender e nem falar palavrões;
- Sem links com conteúdo de baixo calão ou pornográfico;
- Comente algo significativo a respeito da Resenha e por último faça a divulgação de seu blog colocando o link dele.
- Não é necessário pedir que eu retribua a visita ao seu blog, eu já faço isso automaticamente com quem comenta e tem blog.

PS: Aceito críticas e sugestões, porém envie para o email sonhosliterarios@hotmail.com

BOM COMENTÁRIO!!!

Postagens Populares - SL